Solidariedade

06/04/2020 21:24:31

Aojustra integra campanha de solidariedade para apoio às famílias carentes no Grajaú
São mais de 4.500 pessoas em condições precárias que necessitam de ajuda neste momento de pandemia do Covid-19.

A Aojustra integra a campanha de solidariedade para apoio às famílias carentes no Grajaú, extremo sul de São Paulo.

O local existe desde 2013 com mais de 4.500 moradores, sendo 579 crianças entre 0 e 10 anos, 152 idosos e 115 pessoas com deficiência. A ocupação é formada por casas de madeirites, sem condições adequadas de salubridade e poucas com serviço de abastecimento de água. A renda familiar média, apurada junto à comunidade antes da atual pandemia do novo coronavírus, era de até um salário mínimo.

Segundo informações obtidas pela Aojustra, a maior parte dos moradores sobrevive de atividades informais realizadas nos trens. “Desde que começou esse isolamento social, as pessoas nos procuram desesperadas, sem saber o que fazer, porque aquele trabalho que faziam no trem não pode mais ser feito devido ao isolamento”, afirma a líder comunitária Jenny Casemiro de Lima.

O movimento de arrecadação financeira para a compra de alimentos, produtos de higiene e remédios aos moradores da Anchieta-Grajaú teve início através da servidora do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) Eveline Davi de Lima, que reforça a necessidade daquelas pessoas que, sem condições de suprirem a própria sobrevivência e da família, procuram amparo à associação dos habitantes do terreno, que não possui capacidade econômica de atender as demandas.

“Com esse quadro atual, tivemos a iniciativa de promover esta campanha de arrecadação de dinheiro, visando a montagem e distribuição de cestas básicas, compra de gás de cozinha e demais produtos de primeira necessidade”, conta.

Diante da importância da solidariedade e do amor ao próximo, a Aojustra chama a atenção de todos os Oficiais de Justiça para que participem da campanha e contribuam com as mais de 1.100 famílias que vivem no local.

Os interessados podem ajudar através do depósito de qualquer valor financeiro que será destinado à compra de cestas básicas para aquela população. Os dados para a contribuição são: Banco do Brasil/ Ag: 2800-2/ C-C: 129.084-3 -  em nome da Aojustra, CNPJ:  12.908.469/0001-02.

Após a doação, o servidor deve encaminhar o comprovante de depósito para o e-mail aojustra@outlook.com, com a informação que se trata de doação para a campanha de solidariedade. “Para garantir a transparência do processo de doações, faremos uma prestação de contas com todas as informações na página da Aojustra semanalmente”, afirma a diretora Simone de Oliveira, responsável na Associação por esta campanha de solidariedade, juntamente com a Diretora Bruna Vívian.

Além de valores financeiros, voluntários também podem ajudar mais através da organização da solidariedade. Entre em contato para saber mais!

A Diretoria da Aojustra abre, ainda, a possibilidade de indicações de entidades carentes que os Oficiais de Justiça conheçam para a manutenção da campanha e ajuda. Para isso, basta procurar um dos diretores da Associação.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo