Você está aqui

Aojustra requer participação em estudo sobre vagas para Oficiais no concurso do TRT

A Aojustra protocolou, nesta quarta-feira (29), pedido junto ao TRT-2 para que a Associação componha a Comissão que analisará a necessidade de vagas para o cargo de Oficial de Justiça no próximo concurso do Regional.

No documento, o presidente Neemias Ramos Freire lembra que em sessão administrativa do Órgão Especial, o Tribunal examinou o Processo 39265/2017, que tratou do início dos trâmites para abertura de concurso público. Por maioria de votos, foi aprovada a realização de um estudo a fim de que se verifique a necessidade de inclusão no edital de vagas para o cargo de Analista Judiciário, especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal.

Tendo em vista a importância do assunto, a Aojustra entende ser necessária e de extrema utilidade a participação da entidade nos estudos a serem elaborados. “O mínimo que se espera de uma gestão moderna é que as partes envolvidas sejam ouvidas e participem do processo, até para que a implantação dessas alterações se dê de forma tranquila, convalidada e com a colaboração dos servidores, e não simplesmente imposta”, afirma.

Para Neemias, o fato é que, com a atual sistemática, as Centrais de Mandados perderam uma força de trabalho expressiva para as Varas, e ninguém melhor do que os Oficiais de Justiça, que vêm desde setembro sofrendo as consequências do Ato GP 05/2017, para avaliar e reportar o excesso de trabalho, expansão da área de atuação, além de outras peculiaridades que afetam a função.

Assim, a Aojustra solicitou a participação nos estudos a serem realizados, a fim de trazer elementos e subsídios à comissão que realizará a tarefa.

Clique Aqui para ler o Requerimento da Aojustra   

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo