Notícias

03/06/2019 11:51:52

Fenassojaf mantém trabalho no CSJT para reajuste da Indenização de Transporte
Dirigentes e representantes do oficialato se reuniram com os novos conselheiros, além da Secretária-Geral do Conselho Superior.

O diretor administrativo da Fenassojaf, Eduardo Virtuoso, e o diretor financeiro, Severino Nascimento de Abreu se reuniram, na tarde de quinta-feira (30), com os dois novos conselheiros do CSJT, Desembargadores Lairto José Veloso, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (AM/RR), e Nicanor de Araújo Lima, presidente do TRT da 24ª Região (MS).

Ambos foram empossados, na última sexta-feira (31), representantes das regiões Norte e Centro-Oeste, respectivamente, no Conselho.

Além dos diretores da Federação, a presidente da Assojaf/AM-RR, Eusa Maria de Oliveira Braga Fernandes, e a vice presidente da Associação, Janete Elane Sena Belchior participaram das audiências.

O objetivo foi tratar com os novos integrantes sobre o processo da Federação para o reajuste da Indenização de Transporte dos Oficiais de Justiça.

Na quinta-feira, os dirigentes tiveram a oportunidade de expor as dificuldades enfrentadas pelos Oficiais de Justiça no dia a dia do cumprimento de mandados e demonstraram a defasagem do valor pago pela IT, congelado há aproximadamente 13 anos.

Os representantes do oficialato também indicaram as incoerências do Parecer Técnico apresentado pela Secretaria de Orçamento e Finanças do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, que é contrário ao reajuste da Indenização de Transporte.

Na sexta-feira Eduardo Virtuoso se reuniu com a Secretária-Geral do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), Dra. Marcia Lovane Sott. No encontro o dirigente reforçou os argumentos em favor da concessão do reajuste e fez a entrega de documentos com o objetivo de desconstituir o estudo da Área Técnica do Conselho, contrário a majoração, bem como do próprio voto da relatora, Desembargadora Maria Auxiliadora Barros de Medeiros Rodrigues.

Pela manhã, o dirigente assistiu a sessão ordinária do CSJT, acompanhado das diretoras da Assojaf/AM-RR, Eusa Maria de Oliveira Braga Fernandes e Janete Elane Sena Belchior. Na oportunidade, Virtuoso e as Oficialas do Amazonas conversaram com o ministro Walmir Oliveira da Costa, integrante do Conselho. A expectativa da Federação é a de que o processo volte à pauta de julgamentos na sessão prevista para o dia 28 de junho.

A Aojustra está atenta à pauta do Conselho Superior e deverá estar presente no julgamento referente à majoração da Indenização de Transporte, ao lado de Oficiais de Justiça de diversas regiões do Brasil.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo com a Fenassojaf