Notícias

08/04/2019 12:15:59

Participantes aprovam Declaração Final do Seminário Internacional de Oficiais de Justiça
Oficiais do estado de São Paulo (foto) acompanharam os debates sobre a carreira em todo o mundo.

Os cerca de 230 Oficiais de Justiça que estiveram no Seminário Internacional e Encontro Regional Norte/Centro-Oeste aprovaram, ao final do evento na sexta-feira (05), a redação da “Declaração Final” do Seminário Internacional de Oficiais de Justiça.

O texto declara a necessidade de unidade de ação dos Oficiais de Justiça de todo mundo “ante às ameaças à nossa atividade profissional”, além das mudanças tecnológicas impostas à classe.

“Neste continente, lançamos a semente de uma União Latino Americana de Oficiais de Justiça, a ser criada com a participação inicial do Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai”.

Ao apresentar a proposta da declaração, o presidente da Fenassojaf Neemias Ramos Freire destacou que a criação de uma entidade latino americana é apenas uma ideia a ser aprofundada pelas entidades.

Depois da aprovação, Neemias agradeceu a presença de todos os participantes e encerrou oficialmente o Seminário Internacional e I Encontro Regional Norte/Centro-Oeste.

A Aojustra acompanhou o Seminário ao lado de Oficiais de Justiça de todo o estado de São Paulo (foto), do Brasil e de outros 13 países participantes. "Foi um grande evento promovido pela nossa Federação onde pudemos perceber as necessidades comuns do oficialato nas diversas regiões do mundo. Parabenizo os organizadores e tenho certeza que teremos frutos desse encontro", avalia o presidente Thiago Duarte Gonçalves.

Confira, abaixo, a íntegra da Declaração Final do Seminário Internacional:

“Os participantes do Seminário Internacional e Encontro Regional Norte/Centro-Oeste declaram a necessidade de unidade de ação dos Oficiais de Justiça de todo o mundo ante às ameaças à nossa atividade profissional e às mudanças tecnológicas, que nos impõem treinamento e capacitação permanentes. Neste continente, lançamos a semente de uma União Latino Americana de Oficiais de Justiça, a ser criada com a participação inicial de Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai”.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo com a Fenassojaf