Notícias

01/10/2018 15:20:26

TRT-2 tem novo corpo diretivo a partir desta segunda-feira

Termina nesta segunda-feira (1º) o ciclo administrativo da atual direção do TRT da 2ª Região sob o comando do desembargador Wilson Fernandes. Ao longo destes dois anos em que esteve à frente do maior Tribunal Regional Trabalhista do país, a administração, da qual fez parte a Corregedora Dra. Jane Granzoto Torres da Silva, mostrou que é possível a imposição de regimentos e normas em desfavor dos servidores e da prestação de serviços aos jurisdicionados.

Neste sentido, é possível reafirmar que os Oficiais de Justiça da 2ª Região foram alvo do desserviço instituído pela gestão que se despede. O fatídico Ato GP-CR nº 05/2017, que no último mês de setembro completou um ano, demonstra a visão imperativa e autoritária, onde não há diálogo com seus subordinados.

Além de obrigar mais de 200 Oficiais de Justiça a exercerem atividade interna nas Varas – num claro desvio da função e quebra da isonomia entre os Oficiais – o Ato 05 gerou, efetivamente, consequências danosas para o oficialato e para o Regional.  

Em 365 dias da implementação do Ato, o TRT da 2ª Região foi rebaixado para a última colocação no ranking de produtividade da Execução entre todos os TRT’s do país.  Outro ponto que merece destaque é a sobrecarga de trabalho para os Oficiais de Justiça que permaneceram lotados nas Centrais de Mandados e o aumento no número de pedidos de afastamento por licença médica e solicitações de aposentadoria.

Durante todo esse tempo, a Aojustra protocolou pedidos de audiências com a Administração, na tentativa de que um canal de diálogo fosse aberto em benefício do oficialato. Ao contrário disso, foram poucos retornos e nenhuma tentativa de reversão.

A Aojustra dá as boas-vindas ao novo corpo diretivo que será empossado às 17 horas desta segunda-feira, liderado pela presidente Dra. Rilma Aparecida Hemetério e do qual faz parte o corregedor Dr. Luiz Antonio Moreira Vidigal. “Esperamos que o diálogo possa ser retomado com todos os servidores, em especial com os Oficiais de Justiça, para que o TRT-2 volte a ser o maior e melhor Regional Trabalhista do país”, finaliza o presidente Thiago Duarte Gonçalves.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo